Buscar
  • Nutr. Bianca Oliveira

O perigo dos alimentos embutidos

Os alimentos embutidos são nocivos à saúde, de acordo com o parecer da organização mundial de saúde publicado em 2015 as carnes processadas são altamente cancerígenas; as carnes processadas foram colocadas na lista do grupo 1 de carcinogênicos, no mesmo grupo que inclui tabaco, amianto e fumaça de diesel, para os quais já há evidência suficiente de ligação com o câncer. ⠀ Um estudo de meta-análise, que avaliou diversos outros estudos estimou que a cada porção diária de 50 gramas de carne processada aumenta-se o risco de câncer colorretal em 18%.

Os alimentos embutidos também são ricos em sódio, que pode elevar a pressão arterial, causar retenção hídrica e ainda colaborar com o aumento de celulite, possuem ainda alto teor de gordura saturada que aumenta o risco de entupimento das artérias (aterosclerose) e doenças cardiovasculares. ⠀ Estes alimentos também possuem altas quantidades de aditivos químicos e conservantes nocivos à saúde, uma das substâncias que aparece muito nesse tipo de alimento é o nitrato, que confere cor avermelhada ao produto final e é um agente cancerígeno poderoso, os corantes, conservantes, aromatizantes e outros aditivos ainda podem irritar a mucosa gástrica causando gastrite e refluxo.

A maioria dos embutidos contém uma substância que age como realçadora de sabor chamada glutamato monossodico, ele traz várias alterações para o organismo, como fadiga, cansaço, alteração de humor, alteração da memória e concentração, alergias e ainda modifica a percepção de sabor das papilas gustativas, fazendo com que a pessoa fique mais viciada neste tipo de sabor.

O peito de peru e o blanquet tem um menor teor de gordura saturada e alguns têm também menor teor de sódio, mas como vimos acima, o problema destes alimentos vai além do sódio e gorduras, o peito de peru continua tendo aditivos químicos que são carcinogênicos e na maioria também o glutamato monossodico.

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Hipertrofia e testosterona

A hipertrofia muscular é influenciada por diversos fatores, sendo como crucial o estímulo (exercício), mas também a dieta,  o descanso e o equilíbrio hormonal. ⠀ A bioquímica na hipertrofia muscular é

Tel.: (21) 3864-5820

Whatsapp: (21) 98296-3569

Rio de Janeiro: Rua Dr Thibau, 80 - sala 104 - Centro, Nova Iguaçu - RJ